NotíciasPL NacionalValdemar Costa Neto

Valdemar confirma que PL terá candidato à presidência da Câmara Federal

ENTREVISTA À GLOBO NEWS.

O presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, foi o entrevistado da apresentadora do programa Estúdio i da Globo News, jornalista Andréia Sadi, nessa quarta-feira, 31/1. “O nosso líder nomeou o príncipe Luiz Philippe de Orléans e Bragança (PL-SP) para coordenar e ver a maneira que vamos escolher um candidato. (…) Vamos ter três ou quatro candidatos fortes”, afirmou Costa Neto, que também falou sobre as eleições nas capitais de São Paulo e Rio de Janeiro, em 2024.

Confira abaixo a matéria na íntegra*

Brasília – Em entrevista exclusiva ao Programa Estúdio i da GloboNews, o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, reiterou que o partido vai lançar um candidato para a sucessão de Arthur Lira na presidência da Câmara dos Deputados.

“Nós vamos lançar candidato na Câmara, a bancada quer. O nosso líder nomeou o príncipe Luiz Philippe de Orléans e Bragança (PL-SP) para coordenar e ver a maneira que vamos escolher um candidato. Nós vamos ter de qualquer jeito, e não é contra o Lira porque ele não é candidato mais. Vamos ter três ou quatro candidatos fortes”.

Na conversa conduzida pela apresentadora Andréia Sadi, Costa Neto enfatizou que, caso não possa concorrer às eleições de 2026, o presidente de honra da sigla, Jair Bolsonaro, terá influência na escolha do nome do PL para a disputa.

“Se Bolsonaro não for candidato à Presidência da República em 2026, quem vai decidir o candidato do PL será ele. Porque ele é quem tem os votos”.

Sobre as eleições municipais de São Paulo, Valdemar Costa Neto afirmou que a vitória será de Ricardo Nunes.

“A nossa preocupação é não deixar o Boulos ganhar, isso vai fazer mal para São Paulo e para o país. O Nunes vai ganhar a eleição, não tenho dúvida disso”.

Já em relação ao pré-candidato à prefeitura do Rio de Janeiro, ele disse que o Partido Liberal está confiante no nome do deputado Alexandre Ramagem (PL-RJ).

“Nós temos confiança no Ramagem e vamos levá-lo até o final. Ele vai vencer”.

Outro assunto destacado pelo dirigente maior do PL foi a redução na criação de empregos no país, conforme dados do Ministério do Emprego e Trabalho divulgados na última terça-feira, 30 de janeiro. Ao comparar os números do final da gestão Bolsonaro e do atual governo, Valdemar frisou:

“Nós tivemos mais empregos criados em 2022 e tivemos menos agora. Isso vai pesar muito na economia lá na frente”.

*Com informações de matéria publicada no portal do PL Nacional em 31 de janeiro de 2024, sob fonte da entrevista de Valdemar Costa Neto, concedida ao programa Estúdio i da Globo News, na quarta-feira, dia 31 de janeiro de 2024.