DESTAQUESDiretório Nacional do PLNotícias

PL reúne líderes estaduais e federais para reafirmar defesa a Bolsonaro

MAIOR ENCONTRO LIBERAL DESDE 2022.

“A missão do Jair Messias não acabou, só está começando. Deus não colocaria Bolsonaro no poder se não houvesse uma missão. E essa missão é salvar e mudar o Brasil. A guerra não acabou e o mal nunca vencerá o bem”, enfatizou Valdemar na abertura da reunião nesta quinta-feira (6/7) em Brasília.

*Confira abaixo a íntegra da matéria

Brasília – O Partido Liberal, presidido por Valdemar Costa Neto, reuniu um time de peso em Brasília, para reafirmar a defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro e o compromisso com o futuro do Brasil. Foi a maior reunião do Partido desde as eleições de 2022.

O encontro, comandado por Valdemar, uniu com a presença do presidente de Honra da legenda, Jair Bolsonaro, do Secretário Nacional de Relações Institucionais, Braga Netto e da presidente nacional do PL Mulher, Michelle Bolsonaro, as bancadas federais, estaduais, e presidentes regionais da sigla de todo Brasil, que lotaram um auditório do Complexo Brasil 21. Na ocasião, os líderes debateram também pautas atuais da política brasileira, como a reforma tributária. O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, também marcou presença.

Para o presidente nacional do Partido, Bolsonaro não pode ser impedido de se candidatar pelo que ele falou, e reforçou que o PL vai lutar para combater a “injustiça”. “A missão do Jair Messias não acabou, só está começando. Deus não colocaria Bolsonaro no poder se não houvesse uma missão. E essa missão é salvar e mudar o Brasil. A guerra não acabou e o mal nunca vencerá o bem”, enfatizou Valdemar na abertura do encontro.

Durante seu discurso, Bolsonaro relembrou feitos importantes que protagonizou durante seu governo em prol do desenvolvimento do Brasil. Um deles, talvez o mais difícil, foi o ato de coragem para falar verdades que precisavam ser ditas, mas que incomodaram aqueles que estavam acostumados a viver com mentiras. “A Bíblia lembra que por falta de conhecimento, o povo pereceu. Mas a direita está informada, a direita está unificada, não vamos perecer”, assegurou o ex-chefe do executivo.

Bolsonaro falou também sobre a reforma tributária. “Não vão achar quem está recuando, porque se não tivermos uma proposta que realmente faça justiça e que diminua a carga tributária, a tendência nossa é votar contra porque, por exemplo, é muito boa para tal setor, mas é ruim para o setor de educação, de saúde, serviços. Vamos resistir a isso, vamos aceitar esta reforma tributária se for boa. Começou conosco, mas não está terminando conosco, no meio do caminho ela foi desvirtuada. Se interessar ao Brasil somos favoráveis, sem problema nenhum, caso contrário, se o partido votar unido, não passa”, avaliou Bolsonaro.

Em sua fala, o líder do PL na Câmara, deputado Altineu Côrtes (PL-RJ) manifestou seu apoio ao presidente de honra do PL ao dizer que a direita do país está cada vez mais unida. “Quem construiu o maior partido do Brasil foi o presidente Bolsonaro, todos nós sabemos disso. Foi essa união, um enxergar a confiança e a palavra do outro {Valdemar e Bolsonaro} que fez o PL ser o maior partido do Brasil”, afirmou.

A presidente do PL Mulher, Michelle Bolsonaro também saiu em defesa do ex-presidente. “Te conheço, sei que você não tem nenhuma maldade, não tem nenhum projeto de poder, sei que você se entregou para um propósito, para uma missão, que a nossa vida foi para a vitrine, que a nossa vida mudou da água para o vinho e que nós sofremos, e sofremos ainda, mas eu quero dizer é que eu estou com você, ao seu lado para o que der e vier, não só eu, mas toda essa bancada e queremos nos fortalecer”, garantiu a ex-primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro.

Ela pediu também a união dos parlamentares para que sigam sendo uma oposição fiel. “Nós somos maioria, a maioria tem poder de decisão e vocês estão ali para dar continuidade ao trabalho do nosso presidente Valdemar e do nosso eterno Capitão. Que vocês venham até o PL, que a gente possa conversar para que eles vejam que nós somos fortes e que nós vamos trabalhar pelo nosso Brasil. Nós somos a maioria”, acrescentou Michelle Bolsonaro.

CLIQUE AQUI para acessar as fotos do evento. 

*Com informações de matéria publicada no portal do Diretório Nacional do Partido Liberal (PL) em 6 de julho de 2023. Foto.: Beto Barata/ PL.