Notícias

Novas eleições em duas cidades da região de Ribeirão Preto

O TRE-SP marcou para o próximo dia 6 de outubro (domingo), eleições suplementares para prefeito e vice nos municípios de Ibaté e Tabatinga

O TRE/SP – Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo – continua agendando a realização de eleições fora de época nos municípios paulistas, onde prefeitos e vices, eleitos em 2012 com mais de 50% dos votos válidos tiveram seus registros cassados. No próximo dia seis de outubro (domingo) haverá novas eleições em duas cidades da região de Ribeirão Preto. (313 km da capital). Os eleitores de Ibaté e Tabatinga deverão ir novamente às urnas para escolher os novos prefeitos e vices, que administrarão suas cidades até 2016.

Em Ibaté os tucanos eleitos, Alessandro Melo Rosa e seu vice, Horácio Sanchez, tiveram os registros de candidatura cassados pela justiça eleitoral, que entendeu terem feito propaganda institucional em período proibido e promovido abuso de poder político e econômico ao publicar revista com propaganda de melhorias executadas pela gestão do ex-prefeito, José Luiz Parella, o que na visão dos juízes, foi editada para promover suas candidaturas.

Já em Tabatinga, a cassação dos diplomas do prefeito eleito, Valter Camargo (DEM), e do vice Ângelo Tolari (PSB), foi motivada pela acusação de que houve compra de votos, com o apontamento de várias ações ilícitas, entre elas: doação de R$ 3.700 para que o forro de uma igreja fosse reconstruído; pagamento de R$ 500 para eleitora colocar adesivo em seu carro; entrega de cestas básicas, remédios, antecipação para realização de exames do SUS, promoção de churrascos e fornecimento de combustível para obter voto. Além de perderem seus cargos e ficarem inelegíveis por oito anos, terão que pagar multa de R$ 10.641,00.

Os pedidos de registro de candidatura para as duas cidades devem ser feitas até às 19 horas do dia seis de setembro. De acordo com o calendário eleitoral estabelecido para esses pleitos, a propaganda dos candidatos será permitida a partir de 19 de setembro. Os candidatos que entraram com acusação aos cassados não podem ser candidatos nas novas eleições. Só poderão exercer o voto os eleitores inscritos até o dia nove de maio de 2013.

Osvaldenir Stocker