ArtigosNotíciasRicardo Madalena

Vamos mudar juntos?

Por Ricardo Madalena*

 

Quando um ciclo se repete o dito popular adverte: “já conheço essa novela”. Infelizmente não se trata de uma edição do “Vale a Pena Ver de Novo” da TV. Está longe disso. A inflação, velha conhecida do brasileiro, está de volta e bate recorde, são mais de 14 milhões de desempregados, e o subemprego é o que restou, se ainda tiver a “sorte grande”.

Regredimos ao mapa da fome em que mais de 20 milhões de pessoas sequer possuem recursos para suprir suas necessidades mais básicas. Tempos difíceis que precisam de enfrentamento e é o que buscamos fazer.

Em São Paulo aprovamos o Bolsa do Povo, que destina R$ 1 bilhão para políticas sociais. Na infraestrutura o Pró São Paulo vai aplicar R$ 47,5 bilhões para a retomada do crescimento. E para a saúde o Mais Santas Casas, maior programa de repasse financeiro para hospitais filantrópicos, agora é lei e vai destinar R$ 1,2 bilhão para 333 instituições.

O coronavírus já deixou em 2021 mais de 410 mil óbitos, entretanto, o câncer segue fazendo mais de 220 mil vítimas e o AVC mais de 110 mil todos os anos. Não podemos assistir mais a essa novela. Precisamos de uma força tarefa pela completa retomada dos hábitos saudáveis e que o estado seja o fiador desse processo em soma com a iniciativa privada – integração pela vida.

Através do nosso mandato priorizamos a saúde pública e gratuita. Por meio de emendas parlamentares apoiamos os municípios do interior do estado com academias ao ar livre, custeio das estruturas de saúde, compra de vans e ambulâncias para transportes de pacientes, aquisição de equipamentos para hospitais e unidades de saúde. Total apoio para a vida. Mas não é suficiente. É indispensável uma cooperação de todas as forças, inclusive a sua. Essa causa é de todos nós. Mudar para melhorar a qualidade de vida.

Em 2020 enfrentei um AVC e vi na prática a importância de ações preventivas no dia a dia. Sabia que 90% dos casos de AVC poderiam ser evitados com boa alimentação, administração do estresse e atividade física? Pois é, driblar a inatividade é o primeiro passo. Desde então, comecei a pedalar e aprendi que o mesmo caminho nunca é exatamente igual, pois a cada volta, quem muda é a gente. Vamos mudar juntos?

 

__________________

*RICARDO MADALENA é deputado estadual e líder da bancada do PL na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.