DESTAQUESNotícias

Flávia Arruda é a nova ministra-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República

A LIBERAL DO DF É UM DOS SEIS NOMES DA REFORMA MINISTERIAL

A deputada pelo PL de Brasília, que preside a Comissão Mista de Orçamento (CMO) no Congresso Nacional, substitui o ministro Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira na SEGOV/PR. Os atos foram publicados no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 30 de março. 

Nessa segunda-feira, dia 29 de março, conforme divulgado pela Secretaria de Comunicação do Palácio doe Planalto, e anúncio pelo Twitter do presidente Jair Bolsonaro, foi confirmada a substituição de titulares em seis dos 23 ministérios, ato que foi oficializado em publicação do Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, dia 30 de março.

A congressista liberal brasiliense, deputada federal Flávia Arruda (PL-DF), foi uma das seis escolhas do presidente para a minirreforma ministerial, será a substituta do ministro Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira no comando da Secretaria de Governo.

A nova ministra-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Flávia Arruda, que recentemente ocupava a presidência da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional (CMO), sendo a primeira mulher no comando dessa importante comissão, tem se destacado com atuações firmes logo em seu primeiro mandato, inclusive, com reconhecimento do presidente da Câmara, deputado federal Arthur Lira.

AS SUBSTITUIÇÕES

A reforma ministerial confirmada pelo Palácio do Planalto nessa segunda (29/3) é a que promoveu o maior número de mudanças em uma só vez, desde janeiro de 2019, quando tomou posse o atual governo federal, com as seguintes substituições de ministros:

SECRETARIA DE GOVERNO DA PRESIDÊNCIA (SEGOV) – deputada federal FLÁVIA ARRUDA (PL-DF), no lugar do general da reserva Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira;

CASA CIVIL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA – general da reserva LUIZ EDUARDO RAMOS BAPTISTA PEREIRA no lugar do general da reserva Walter Souza Braga Netto;

MINISTÉRIO DA DEFESA – general da reserva WALTER SOUZA BRAGA NETTO no lugar do general da reserva Fernando Azevedo e Silva;

ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO – ANDRÉ LUIZ MENDONÇA no lugar de José Levi Mello;

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA – delegado da Polícia Federal, ANDERSON GUSTAVO TORRES, no lugar de André Luiz Mendonça;

MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES – embaixador CARLOS ALBERTO FRANCO FRANÇA no lugar de Ernesto Araújo.

 

ÍNTEGRA DE NOTA DO GOVERNO FEDERAL:

________________________________________________________________________________

“NOTA

O Presidente Jair Bolsonaro alterou a titularidade de seis ministérios nesta segunda-feira (29). As seguintes nomeações serão publicadas no Diário Oficial, a saber:

 

Casa Civil da Presidência da República: General Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira;

Ministério da Justiça e Segurança Púbica: Delegado da Polícia Federal Anderson Gustavo Torres;

Ministério da Defesa: General Walter Souza Braga Netto;

Ministério das Relações Exteriores: Embaixador Carlos Alberto Franco França;

Secretaria de Governo da Presidência da República: Deputada Federal Flávia Arruda;

Advocacia-Geral da União: André Luiz de Almeida Mendonça.

 

Secretaria Especial de Comunicação Social

Ministério das Comunicações”

 

________________________________________________________________________________