DESTAQUESPL Mulher SP

Partido Liberal (PL) paulista incentiva maior participação feminina em 2019, visando as Eleições de 2020

MULHERES PAULISTAS FOCADAS NO PLEITO MUNICIPAL. As Direções do PL e do PL Mulher estão estimulando e incentivando através dos seus sites, redes sociais, debates e encontros regionais, maior empenho dos órgãos municipais do PL à captação de novos valores, e de líderes femininas para concorrer às eleições do próximo ano.

As mulheres representam 52% do eleitorado em todo o país, mas somam pouco mais de 30% em candidaturas femininas. Dados da Inter-Parliamentary Union – associação que reúne legislativos nacionais de todo o mundo – mostram que o Brasil ocupa a 154º colocação entre 193 países do avaliados, ficando à frente somente de alguns países árabes, do Oriente Médio e de ilhas polinésias.

Porém, a de destacar que o Brasil avançou de forma significativa nas últimas décadas, e o Partido Liberal do estado de São Paulo, mantendo seu comprometimento com a democracia, a igualdade entre gêneros, e com a legislação eleitoral, vem promovendo ao longo dos anos, ações de incentivo à participação da mulher na política, tendo ampliado sua representatividade feminina nas direções do partido, nas prefeituras e legislativos a cada pleito eleitoral. Em 2018, o PL paulista elegeu duas deputadas: Policial Kátia Sastre (Federal); e Delegada Graciela (Estadual).

MAIS, COM QUALIDADE.

O Partido Liberal é pioneiro no Brasil em cursos de formação política, e segue capacitando e qualificando seus dirigentes, mandatários e líderes, ao lado da Fundação Álvaro Valle. Seu compromisso com a pavimentação da democracia, da igualdade de gêneros, de direitos e deveres, reserva atenção especial às ações de incentivo ao engajamento da mulher na política, e à qualificação das dirigentes e mandatárias liberais no estado de São Paulo.

“O PL tem o espaço necessário para a mulher defender seus direitos e dar voz própria às suas bandeiras de ação. O mais importante é que esse espaço vem sendo preenchido com qualidade, por mulheres lideres que reconhecem sua igualdade como cidadãs, e que estão preparadas para exercer e preencher essa lacuna vazia na política. Assim como os homens, elas têm projetos políticos importantes e fundamentais para a sociedade.”, reconhece o presidente estadual do PL-SP, José Tadeu Candelária, dizendo que o Partido está preparado – e muito estimulado – em trabalhar nesse projeto importante para a sociedade, quando conclui:

“A democracia jamais avançará enquanto houver desigualdades entre homens e mulheres, e essa busca de equidade certamente ganhará mais força quando tivermos representação de gêneros equilibrada proporcionalmente no Congresso Nacional, nas Assembleias Legislativas, assim como nos Legislativos e Executivos Municipais. É o que buscamos com nosso projeto de 2019: identificar mulheres líderes na sociedade, captar e capacitá-las para disputar e obter sucesso nos pleitos majoritários e proporcionais de 2020.”, afirma com convicção, o dirigente maior do PL paulista.

A LIÇÃO COMEÇA EM CASA

A presidente estadual do PL Mulher paulista, Heloísa Antunes – Professora Helô -, destaca que o movimento do PL Mulher está cada vez maior e melhor em todo o estado de São Paulo. “O PL se empenhou nos últimos anos em diversas ações para ampliar a participação das mulheres na política, a começar pela lição de casa, abrindo espaço nos quadros diretivos da legenda. Agora, pretendemos, com a ajuda de todos e de todas as lideranças liberais, ser o partido que mais elegerá mulheres em 2020. Você mulher ativista, líder e que tem disposição para trabalhar por um país melhor e mais justo, procure o PL de sua cidade e comece já sua caminhada rumo à vitória.”, conclama Professora Helô. (OS)